Never Forget Where You Came From

Back in Sarasota, we decided to visit the Classic Car Museum, “the second oldest continuously operating antique car museum in the nation”, featuring over 75 automobiles! We were greeted by a lovely German lady called Barbara, and as my dad and my brother looked around at all the impeccable displays of one of the highest forms of craftsmanship, me and my mom stayed and chatted with our new friend!

Between many conversations about the FIFA World Cup, Barbara told us how her family had come from Germany to New York City in the 1950s, and it was very hard to be a young German girl at that time. She went to school not knowing a word of English, and came home to see that the neighbors had stuck swastikas to the door of her house. But she told us that despite of all that, she was always proud of being German. Today, her children are all fluent in German, and incredibly proud of their heritage!

I told her my story, and how I could, in a way, relate to what she had said. I will always be proud of having been born in Rio, having my roots Fortaleza, and having lived in Luanda, Houston and Brisbane, and having my heart caught between all these places, and many more. I will always go into a mini-lecture whenever people ask me where I am from, and I’ll always be proud of that. My heart will always beat a little harder as I’m on the plane to Fortaleza, and it will never be easy to say goodbye to my family every time we visit, but I am proud of that. I’m Brazilian, and I’m so proud of it, especially today, our independence day!

I know that I want to go to many different places and do many different things in my life. I am far from being certain about what I want to do for the rest of my life, but I know that I want to inspire others, and I am proud of that.

I do not know where I am going, but I know I want to be somewhere where I am inspired by the people around me, and that could be anywhere in the world. I want to see the world, and all the greatness it has to offer. I want to make a home out of everywhere I pass through, and know that every single place I go has something special. And I am so, so proud of that.

Between late night conversations with friends halfway across the world, plane tickets, memory cards filled to the brim with, you guessed it, memories, and a great soundtrack, this is my life. And I am so proud of it.

I know that I am young, that I have a whole life of experiences ahead of me, and that I still have many dreams to chase, and that is what inspires me most.

“We are who we are for a lot of reasons. And maybe we’ll never know most of them. But even if we don’t have the power to choose where we come from, we can still choose where we go from there. We can still do things.”

This post had more rambles than usual, but now that you’ve read all of this, go out, chase your impossible dreams until they come true, and “always believe something wonderful is about to happen!”

Me and Barbara in front of her car - a brand new Mustang! / Eu e Barbara na frente do seu carro - um Mustango 0km!
Me and Barbara in front of her car – a brand new Mustang! / Eu e Barbara na frente do seu carro – um Mustang 0km!

Quando estávamos Sarasota fomos ao Classic Car Museum, o “segundo museu de carros mais antigo do país, que ainda funciona”, com mais de 75 modelos diferentes! Chegamos lá e uma senhora alemã, Barbara, nos cumprimentou, e enquanto meu pai e meu irmão foram explorar os displays, eu e minha mãe ficamos conversando com nossa nova amiga!

Entre muitas conversas sobre a Copa do Mundo, a Barbara nos contou a história de como a família dela veio da Alemanha para Nova Iorque nos anos 50, em uma época que não era fácil ser uma meninazinha alemã. Ela ia para a escola sem entender uma palavra de inglês, e quanto chegava em casa, via que os vizinhos tinham pendurado suásticas na porta da casa dela. Mas ela disse que mesmo apesar disso, ela nunca perdeu o orgulho de ser alemã. Hoje, todos os filhos dela falam alemão, e também tem muito orgulho de sua descendência alemã.

Eu também contei a minha história, e disse que eu conseguia, de certa forma, me identificar com o que ela disse. Eu também sempre vou ter orgulho de ter nascido no Rio, de ter minhas raízes em Fortaleza, de já ter morado em Luanda, Houston e Brisbane, e de ter deixado um pedaço do meu coração em todos esses lugares, e muitos outros. Eu sempre dou uma pequena palestra quando uma pessoa me pergunta de onde eu sou, e eu sempre vou ter orgulho disso. Meu coração sempre vai bater mais forte quando eu estiver dentro do avião, indo para Fortaleza, e nunca vai ser fácil me despedir da minha família toda vez, mas eu tenho orgulho disso. Eu sou brasileiro, e eu morro de orgulho disso, ainda mais hoje, no nosso dia de independência!

Eu sei que eu ainda vou para tantos lugares e fazer tantas coisas na minha vida. Eu estou longe de ter certeza que eu sei exatamente aquilo que eu quero fazer para o resto da minha vida, mas eu sei que eu quero inspirar as pessoas, e eu tenho muito orgulho disso.

Eu não sei para onde eu estou indo, mas eu sei que eu quero estar em um lugar que eu me sinta inspirado pelas pessoas ao meu redor, e esse lugar poderia ser em qualquer parte do mundo. Eu quero ver o mundo, e todas as maravilhas que ele tem à nos oferecer. Eu quero me sentir em casa em todos os lugares que eu for, e ter a certeza que todo lugar tem algo especial. E eu me orgulho nisso.

Entre conversas no meio da noite com amigos do outro lado do mundo, inúmeras passagens de avião, cartões de memória cheios de momentos inesquecíveis, e uma trilha sonora perfeita, essa é a minha vida. E eu sou muito orgulhoso dela.

Eu sei que eu ainda sou jovem, e que eu ainda tenho uma vida inteira de experiências incríveis pela frente, mas eu tenho muitos sonhos à perseguir, e isso é o que mais me inspira.

“Somos o que somos por várias razões. E talvez não conheçamos a maior parte delas. Mas mesmo que não tenhamos o poder de escolher quem vamos ser, ainda podemos escolher aonde iremos a partir daqui. Ainda podemos fazer coisas”

Esse post foi um pouco diferente dos de geralmente, mas agora que você já leu tudo isso, vá correr atrás dos seus sonhos impossíveis até eles se realizarem, e “sempre acredite que algo incrível está prestes a acontecer!”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s